O Itaim dos anos 80 - parte 2


por Marcos Santos

 

                                                                                                       Jonilson Montalvão/arquivo

 

 

Em 1984 o cenário político ainda era de uma ditadura, o presidente da república era o general Figueiredo e não existia liberdade de expressão, bastava pensar diferente para ser tachado de comunista. Senti na pele o último suspiro da ditadura militar - que acabaria em 85.

 

Um dia, eu e meus amigos estávamos indo para uma festa e eu estava usando uma jaqueta do exército que havia comprado de outro amigo que já serviu. No caminho, uma perua cinza da Policia Militar apareceu e alguns pms desceram do veículo para bater no nosso grupo. Eles ainda explicaram que a surra foi motivada pela jaqueta. Após a agressão injusta, fomos presos e  conduzidos ao 50º DP.

 

Éramos menores de idade e nos colocaram na sala do delegado. Depois de passar a noite detido, finalmente, nos liberaram na manhã seguinte. A jaqueta ficou lá e eu fiquei com muita raiva. Nessa época, o famoso Chico Pé de Pato apavorava a bandidagem do Itaim, mas nós tínhamos medo mesmo era da PM, pois te prendiam sem "que" nem "por quê".

 

Em meio a isso, foi inaugurado em 85 o Centro Cultural do Itaim, que atualmente é chamada de Casa de Cultura. Sua abertura causou grande impacto para a juventude dessa época, pois de repente havia surgido um lugar onde a gente respirava arte.

 

Havia apresentações em frente ao local - na praça Lions Clube - praticamente todos os finais de semana e assistíamos apresentações de bandas, poesia, teatro e dança. Tudo de graça!

 

No Itaim também existia dois barzinhos que tocavam música ao vivo, o que era muito raro para a região,  os inesquecíveis "Quitéria e Snoop".

 

No começo do ano, era comum ver os blocos de carnaval que marcaram esta época: Os piratas e os metralhas, o primeiro mais antigo e o segundo criado depois pra disputar com eles. Minha mãe chegou a costurar as fantasias dos primeiros metralhas, e lembro dos duelos dos blocos, onde tudo era muito divertido e os ônibus saiam do bairro lotados com os integrantes para a disputa dos blocos na cidade de Suzano, no clube Cenaturis.

 

Tinha também as gincanas onde toda a juventude da época participava ativamente das tarefas, e ganhava a equipe que concluía todas elas. Os Equipenetras, Que Nojo e Turbal foram alguns desses times.

 

Apesar das dificuldades, o Itaim dos anos 80 foi muito legal, até que um dia o " Scorpius" fechou definitivamente suas portas e virou o banco Banespa. Era os anos 90 que chegava.

 

 

 

Outras Colunas

  • Quem foi Brás Cubas?

    Quem foi Brás Cubas?

    Quando vamos a Mogi das Cruzes de trem, passamos por uma estação chamada Brás Cubas, e provavelmente já nos perguntamos: Quem foi esse cara? Fundador de universidade? Um médic...

  • Futuro parque da Biacica será inaugurado em breve

    Futuro parque da Biacica será inaugurado em breve

    Hoje fui visitar a chácara dos Fontouras, que fica pertinho da estação da CPTM do Itaim Paulista, com dois amigos....

  • As histórias do Itaim Paulista

    As histórias do Itaim Paulista

    Em 1980, ainda existiam riachos no Itaim Paulista que podíamos tomar um banho, além de lagoas e grandes áreas verdes onde era possível admirar o gado pastando e grandes planta...

  • Histórias das ruas do Itaim

    Histórias das ruas do Itaim

    Outro dia eu estava andando pela rua Itajuibe e tive a curiosidade de saber seu significado em Tupi...

  • Itaim hoje

    Itaim hoje

    Vi muita coisa acontecer aqui no nosso bairro, afinal, há quase meio século em que vivo na região...

  • Itaim do novo milênio

    Itaim do novo milênio

    Na virada do século, nosso Itaim já tinha crescido muito para todos os lados....

  • Itaim Paulista - anos 90

    Itaim Paulista - anos 90

    Os anos 90 chegavam trazendo mudanças no bairro...

  • O Itaim dos anos 80 - parte 2

    O Itaim dos anos 80 - parte 2

    Em 1984 o cenário político ainda era de uma ditadura, o presidente da república era o general Figueiredo ...

  • O Itaim dos anos 80

    O Itaim dos anos 80

    A balada da época era o "Scorpius", lá era o lugar onde a gente vinha dançar....

  • O Itaim Paulista nos anos 70 -  Parte 2

    O Itaim Paulista nos anos 70 - Parte 2

    O velho cinema ficava onde hoje está o banco Santander, na rua Ribeiro Escobar...

  • O Itaim dos anos 70

    O Itaim dos anos 70

    Nos anos 70, eu era uma criança que brincava de bola no barro, jogava pião,bolinha de gude, perna de pau, jogava taco e tantas outras brincadeiras que já não existem mais. ...

  • Meu olhar sobre o Itaim: o Início

    Meu olhar sobre o Itaim: o Início

    Eu nasci no Itaim, onde hoje está situada a praça Enéas Matias, meu tio avô. Vim ao mundo graças a uma parteira negra, Dona Joana, que morava na rua da feira de domingo, a at...

  • Os charás

    Os charás

    A cidade de São Paulo é uma metrópole gigante que possuí 2 bairros com o mesmo nome de Itaim, e para não haver confusão entre eles, o primeiro Itaim, que é muito mais antig...

  • Estivemos aqui

    Estivemos aqui

    Uma Taba, um aldeamento, um povoado, um distrito e hoje, um bairro populoso com meio milhão de habitantes....

  • Itaim, terra valente

    Itaim, terra valente

    O véu se rasgou, o passado do Itaim surge num lampejo da história que foi contada sob os parâmetros dos conquistadores, e que queremos contar de outra forma....

  • O Itaim entra pra maioridade

    O Itaim entra pra maioridade

    Assim como a velha capela perdia sua sacralidade, o Itaim Paulista, entrava pra maioridade, ou seja, começou a se transformar por causa do progresso. ...

  • A história resgatada

    A história resgatada

    Com o fim das funções religiosas da capela, a imagem de "Nossa Senhora da Biacica", foi transferida para o velho templo de São Miguel, e lá permanece ainda hoje....

  • Biacica se transforma em Itaim

    Biacica se transforma em Itaim

    A velha Biacica vê transcorrer os séculos 17 e 18 sem grandes novidades, mas já no 19, a fazenda não tinha a sua produção diversificada por não haver mais tantos braços pa...

  • Carmelitas, senhores do Itaim

    Carmelitas, senhores do Itaim

    No início do século 17, o Itaim Paulista era constituído de população predominantemente indígena, seus filhos e netos com o branco eram chamados de mamelucos ou caboclos e a ...

  • Biacica, templo dos padres Carmelitas

    Biacica, templo dos padres Carmelitas

    Conheça a história de um dos tesouros históricos mais precioso do nosso bairro: a Biacica. ...

  • A semente da periferia

    A semente da periferia

    O Itaim (pedrinha ou rio das pedras) surge nos registros históricos como vimos anteriormente com o nome de Biacica, e existem referências ao lugar em 1611 quando foi aqui criado ...

  • Nosso Berço Esplêndido

    Nosso Berço Esplêndido

    A maioria de nós daqui do bairro não relaciona o lugar onde vivemos com algum passado histórico, nem imagina sua correlação dentro de um contexto do surgimento do Brasil nos p...

  • Terra de Índio

    Terra de Índio

    O Itaim Paulista sempre foi muito carente de recursos e é curioso saber que aqui, há pouco mais de 70 anos, o bairro ainda era considerado uma região agrícola...

Central Leste Notícias
fotos/AEIP - Associação dos Empresários do Itaim Paulista
fotos/CLIPP STORE 2016

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN