Ganhador do TUF 4 realiza seminário de jiu-jitsu em academia do Itaim Paulista

 

da Redação

 

                                                                                                                                                Divulgação

 

O Centro de Treinamento Itaim Combat, zona leste de São Paulo,  recebeu no domingo, 1, o seminário de jiu-jitsu com o lutador Reginaldo Vieira, 33, membro do grupo do UFC (Ultimate Fighting Championship)

 

O lutador recebeu mais de trinta alunos do CT com mensagens otimistas, “a primeira lição que quero deixar não é de técnica, é de humildade e persistência”, disse Reginaldo. Ele também frisou sobre a importância de não deixar de lado os princípios de cada arte: “as pessoas esquecem dos princípios básicos da luta, não pode esquecer a essência do esporte e o mais simples que cada um tem, no caso do jiu-jitsu o bom e velho arm lock, triângulo, etc."

 

O lutador contou como foi o início de sua vida de esporte e relembrou como era difícil, já que não existiam academias com várias artes marciais e ele tinha que frequentar diversas para se especializar em todas as lutas que hoje domina.

 

O encontro contou com várias técnicas e os alunos da Itaim Combat puderam aprender mais do Jiu-jitsu e de outras artes.

 

"O que passei no TUF foi só a metade, o que vocês viram na televisão foi só a parte bonita, passei por uma seletiva de 1700 lutadores, mas fiz a minha parte e mesmo com todas as coisas que aconteceram para que não desse certo eu venci, isso porque me mantive na fé, continue treinando mesmo estando fora, até que surgiu a oportunidade e voltei. A fé sem obra é morta, se vocês desejam alguma coisa, isso em qualquer área da vida, nunca desistam, sempre mantenham a fé”, finalizou Reginaldo

 

 

 

Outras Matérias

fotos/CLIPP STORE 2016
fotos/AEIP - Associação dos Empresários do Itaim Paulista

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN