www.centrallestenoticias.com.br
www.saomiguelpaulista.com.br
www.itaimpaulista.com.br

O anjo arcanjo

Publicada em: 21/08/2015

Daniele Amorim
Especial para a CLN


Jornalista responsável: Vander Ramos

                                                                                                                                                      Daniele Amorim/CLN

Idevanir Arcanjo de Souza (48) é jornalista e líder comunitário do Jardim das Camélias, distrito da Vila Jacuí, zona leste de São Paulo. Caçula de seis irmãos, ele nasceu na Vila Mara e conta que nasceu em cima da antiga ponte da Nitro Química, que liga Guarulhos à São Paulo. "Minha mãe estava indo ao Hospital Santa Terezinha e acabei nascendo em cima do Rio Tietê dentro de um fusquinha, onde fica a ponte perto do Casteluche. Não sei ao certo se sou paulistano ou guarulhense, só sei que fui registrado no cartório de São Miguel, pois meu pai disse que eu nasci em casa".

Aos 14 anos, seu tio o convidou para sua primeira ação na comunidade ao entrar na Sociedade Amigos do Parque Paulistano como diretor esportivo, porém, somente com 18 anos, em 1985, com sua participação no Sindicato dos Condutores, por ser empregado da CMTC, foi para o âmbito político: "A gente começou a frequentar debates e afiando essa vontade de trabalho político."

Em 1987, Idevanir casou-se com sua primeira esposa e entrou na Nitro Química no ano seguinte com participação no Sindicato dos Químicos lutou pela melhoria no trabalho, redução de jornada e aumento do valor de hora extra.

Ao entrar na Acquatec Química em 1989, ele conheceu dois dirigentes sindicais que o convidaram para participar da vida política da empresa com foco na comunidade próxima.

Após seu divórcio, Arcanjo mudou-se para Guaianases e criou junto a Associação de Moradores Conjunto Habitacional do Jardim Cosmopolita, na época, a região conseguiu sua urbanização: "Meu apelido na região era vereador, porque eu sempre fui uma pessoa que tentava ajudar todo mundo"

Sua vinda para o Jardim das Camélias ocorreu quando conheceu sua atual esposa, e em 2002 juntou-se ao movimento de melhoria da região. A Associação Camélias de Desenvolvimento (ASSOCAM) foi criada por ele em 2004. A entidade já conseguiu diversas melhorias para o bairro e atua até hoje no segmento social com a Feira do Bem, Telecentro e cursos profissionalizantes.

Um dos momentos mais marcantes de sua vida aconteceu em 2013 quando estava a bordo de um helicóptero e a aeronave perdeu o controle caindo em cima de uma casa na zona norte. Idevanir lembrou do episódio para contar como o seu lado social aflorou depois do ocorrido. "Eu não estou fazendo mais nada do que foi me ordenado. Quando eu ajudo as pessoas, sou eu que estou sendo ajudado, porque eu tenho a oportunidade de fazer o bem", finaliza.

Leia mais:  
24/01/2013 Sobrevivente de acidente com helicóptero fala dos momentos difíceis que passou 
14/05/2015 Rede de esgosto chega ao Jardim das Camélias em pleno século XXI
25/02/2015 Moradores do Jardim Camélias recebem, gratuitamente, frutas, verduras e legumes

 


 

 


 

Outras Matérias

Comente essa notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

São Paulo (SP)

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN