www.centrallestenoticias.com.br
www.saomiguelpaulista.com.br
www.itaimpaulista.com.br

Conheça a história do líder comunitário Sylvio Sena

Publicada em: 13/08/2015

Daniele Amorim
Especial para a CLN

Jornalista Responsável: Vander Ramos

 


Entrada da EMEI Globo de Sol, mais uma conquista da comunidade do Jardim Pedro Nunes

 

Sylvio Sena tem 63 anos, dos quais, 36 anos foram vividos no Jardim Pedro José Nunes, distrito Vila Jacuí, zona leste da cidade. Natural de Osasco, ele mudou-se para São Paulo aos cinco anos de idade após seus pais se divorciarem, quando se casou, fixou residência no Jardim Pedro José Nunes.

O líder comunitário já encabeçou diversas "brigas" em busca da melhoria de sua comunidade. Sua primeira luta ocorreu no fechamento do antigo aterro sanitário, ao lado da atual Av. Jacú-Pêssego, em 1979. Após anos, o local foi desativado em agosto de 1988.

Por falta de vagas nas escolas na região, em 1986, muitos pais tiveram dificuldades de matricular seus filhos naquele ano: "Minha filha quase perdeu o primeiro ano de escola" conta. Junto com o movimento popular, a comunidade conseguiu a construção de duas salas de aula, em 1988. Mais tarde foi construída a Escola Estadual Padre Nilton do Amaral para adequar a demanda da região.

O local destinado para as duas salas de aulas foi abandonado após a transferência das crianças, por isso, Sylvio resolveu criar junto com a comunidade, o Centro de Juventude: "Na época, os comerciantes se sensibilizaram, recebi doações de padarias, açougues e de escolas.". Por ser de propriedade da Prefeitura, Sena foi autuado por invasão de propriedade. Após a reintegração de posse, a prefeitura construiu o EMEI Globo de Sol no lugar.

Com o intuito de divulgar e ampliar suas reivindicações, Sylvio criou o jornal Pedro Nunes em 1998, no início, o primeiro jornal era impresso em uma única folha, até ser transformado no formato standard com mais páginas, comum na maioria dos jornais de bairro: "Eu entregava em todas as casas do bairro, uma por uma" relembra. O jornal foi encerrado em 2011 com a entrada de Sena na faculdade de Letras.

Hoje, as lutas de Sena são: A abertura do Parque Primavera e a construção de um novo posto policial. Porém, ao refletir sobre tudo o que conquistou com a comunidade ele comenta: "Eu lutei por mim, minha família e pela minha comunidade", finaliza.

 


Capa do jornal Pedro Nunes veinculado de 1998 até 2011

 


Sylvio Sena contempla a natureza em momento de lazer

 

 

 

 

 

 


 

Outras Matérias

Comente essa notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

São Paulo (SP)

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN